A Stalker *

Olá povo lindo!


Hoje eu não vou fazer uma matéria, mas vou escrever sobre um assunto muito comum na vida das pessoas que quase ninguém sabe que tem esse nome: Stalker. Você sabe o que é um stalker? Não? Então vem que eu explico.

A galera mais jovem provavelmente já deve ter ouvido falar muito neste termo, mas nem todo mundo sabe o que faz um stalker. Muitos falam apenas que é um tipo de espionagem e algumas pessoas um pouco mais exageradas, chegam a pensar que só gente maluca, psicopata ou que seja um bandido faz esse tipo de coisa, mas não, não é. Se vocês jogarem a palavra stalker no Google, vocês não vão encontrar coisas muito legais. Como essa descrição que encontrei em um site:



“Stalker
 é uma palavra inglesa que significa "perseguidor". Aplica-se a alguém que importuna de forma insistente e obsessiva uma outra pessoa que, em muitos casos, é uma celebridade. A perseguição persistente pode levar a ataques e agressões.

Com a Internet, a prática entrou para o campo virtual: o cyberstalking é praticado com qualquer pessoa que desperte o interesse do agressor.”

Sim, realmente existem malucos que agridem as pessoas que eles stalqueiam. Mas também existe o stalker legal que apenas quer saber sobre a sua vida porque te acha uma pessoa bacana ou super mega ultra estilosa e se conforma de apenas observar as músicas que você curte, ver as fotos que você tira na balada, saber da sua opinião sobre as coisas que você mesmo publica nas suas redes sociais, além de te achar na maioria das vezes, uma pessoa f***. É, este é o meu caso rsrs.



Eu sempre fui meia stalker. Mas a coisa realmente começou a ficar séria em 2009, quando eu comecei a entrar no perfil de uma garota (ruiva, pra variar) só porque eu achava o cabelo dela lindo e queria descobrir a tinta que ela usava. Eu sei, isso é bem idiota, eu poderia simplesmente perguntar a ela... mas o medo dela me achar uma chata e me bloquear foi maior e fiquei simplesmente entrando no perfil dela TODOS OS DIAS. Aí eu acabei simpatizando com as ideias da garota, os gostos musicais e etc., mas nunca tive a coragem de dar um “oi” sequer para ela. O duro é que eu tenho uma amiga que conheceu essa menina (ela também stalkeava a mesma menina, às vezes fazíamos isso juntas kkkk) e infelizmente, a menina parece ser mais legal pela internet, triste isso.

A maioria das pessoas que eu stalkeio são diferentes: cabelos coloridos, tatuagens, piercings, gringos ou que tem gostos musicais parecidos com os meus. O problema é justamente conhecer as pessoas que eu stalkeio. Normalmente, eu fico com cara de psicopata, vidrada na pessoa e ainda solto um “te conheço do face” PUUUTZ CAROL, PORQUE VOCÊ FAZ ISSO? Hãrram.... eu pareço uma retardada, isso quando não falo o nome da pessoa sem sequer ela ter se apresentado para mim. E não se assuste, porque se eu te stalkeio é porque te achei “o f***”.

Então façam como eu, stalkeiem à vontade e de maneira saudável! Só não vale ficar stalkeando ex-namorado ok? Não é nem pela questão de ser ridículo, mas também porque isso vai te fazer mal, acredite, vai. A mesma coisa acontece quando você entra no perfil daquela sua ex-amiga e fica pensando “cara, porque você deixou de falar comigo?” e não entende o porquê aquela amizade acabou, ficando inconformada, fazendo com que você pense nisso o resto da noite, pelo menos, eu faço isso... não deveria, mas faço.

Bom, é isso galera. O texto foi um pouco diferente do que estou acostumada a fazer, mas pretendo escrever mais textos assim, até ter coragem de fazer um tutorial de maquiagem ou qualquer outro assunto que seja sobre Mary Kay via vídeo ou coisas mais interessantes que vocês gostem de ler certo? Um pedido: eu aceito dicas, então se tem algo que vocês gostariam de saber mais, me mandem mensagem na aba “Contato” ou pelo meu facebook, eu ficarei muito feliz com a sua participação, acredite!



Até a próxima e bom final de semana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários neste blog são moderados. Não serão aceitos comentários ofensivos, preconceituosos ou que induzem à violência.

© Mutações Faíscantes da Porto | Layout por A Design