Preconceito entre igrejas e religiões: até quando isso vai existir? *

Desde que me conheço por gente, frequento igrejas evangélicas e me considero cristã. Também já fui na igreja católica. Mas apesar de me considerar evangélica, isso nunca me impediu de me relacionar com pessoas de outras religiões ou que tivessem opiniões totalmente diferentes das minhas. Até amigo satanista eu já tive. O fato é que existe esse preconceito idiota até mesmo entre igrejas cristãs. Porque “eu sou de igreja X e não posso ser amiga de fulano porque ele é da igreja Y”, mesmo que ambos acreditem no mesmo Deus. Tá.. aí eu te pergunto: “cadê o respeito e amor ao próximo que você escuta (que precisamos ter e praticar) em praticamente todos os cultos?”.. cadê? Sumiram. 


Sabe, se tem uma coisa que eu me revolto é ouvir aquela palavra linda falando de amor, bondade e etc. e depois aqui fora, a pessoa nem olha na sua cara. Não estou dizendo que sou santa, mas pelo menos tento ser diferente. E cansei de ficar literalmente no vácuo, depois de cumprimentar alguns cristãos e receber um olhar torto de volta. Simplesmente acho que muitas pessoas deveriam praticar mais o que escutam nas igrejas, se é que escutam alguma coisa. Igreja não é um lugar terrível e cheio de alienados, mas as atitudes de algumas pessoas fora dela, fazem com que outras pessoas pensem que ir à determinada igreja é ruim. E é como dizem “notícia ruim espalha rápido”. 

E alguns podem até querer me dar explicações agora, baseadas na Bíblia, como uma amiga minha já fez, mas eu, por exemplo, sou de uma igreja que não existe esse negócio de dar dízimo com 10% do salário ou até mais. Lá você dá a quantia que desejar, não é obrigado (como parece ser em outras igrejas), e ainda pode escolher no que ou para que exatamente quer contribuir. Simples assim. Em compensação, eu já vi pastor ficar quase 1h pedindo dízimo. Isso cansa. Mas eu quero sim, mais respeito e ter o direito de não querer dar o dízimo sem ser esculachada por causa disso.

Você conquista as pessoas quando as respeita, quando tem educação, quando cumprimenta ao vê-la em outro lugar e quando para de ficar só prometendo e vai lá e ajuda mesmo! Isso também se chama humildade. Se tem uma coisa bonita de se ver, é quando a pessoa tem condições melhores e mesmo assim, não deixa de ajudar as pessoas. Mas nada de ficar ajudando só para dizer “eu fui lá e fiz”, não.. aí você não vai ser humilde coisa nenhuma. Humilde não é ser pobre e se vestir com trapo, humilde é fazer as coisas de coração aberto. Por isso, está na hora de dar um basta nesses preconceitos e ficar apontando as pessoas por causa da igreja, roupas, escolhas ou religião delas. Respeite primeiro para depois exigir respeito. E mesmo que a pessoa erre algumas vezes, Deus sabe do coração dela e o que acontece na vida dela e não cabe a você ficar julgando nada. Ninguém é tão desinformado assim que não saiba do que é certo ou errado, e se a pessoa escolheu aquilo para a vida dela, ela estudou, ela quis, ela decidiu por isso e principalmente, ela se sente bem com isso. E fora que, o que pode ser errado para você, pode ser certo para ela ué, fazer o que. Isso não é você que decide, é ela.

Enfim, espero que possamos um dia parar de olhar para coisas tão fúteis e começarmos a realmente nos importar com o bem estar das pessoas e não com as roupas ou com que igreja ela frequenta. Ahh e só comentando mesmo, eu frequento a Congregação Cristã há algum tempo e quer saber? Estou adorando, quer você goste ou não. E é isso que realmente importa. Fora que isso não me impediu de ir em células e acampamentos evangélicos, muito pelo contrário, me sinto até mais revigorada quando vou nesses lugares. Mas não, nem por isso eu compartilho fotos dizendo "se ama Jesus curte, se não ama ignora" e muito menos repasso correntes no Whatsapp. Então por favor, nem percam tempo me mandando essas coisas, por que pela mor né pessoal, Deus sabe muito bem se você ama ele ou não, francamente rs.

E você? Vai na sua igreja porque gosta ou porque te disseram que lá é bom? Comentem! Um debate saudável não faz mal a ninguém!

Beijoooos e até a próxima pessoal ;*

2 comentários:

  1. Concordo plenamente Carol.
    Infelizmente, o preconceito existe em tudo, mesmo com toda a modernidade em que vivemos.

    Acho que o bonito, o charmoso nas pessoas são justamente as diferenças que as faz ser quem são; quem somos. O mundo precisa mais de pessoas que se respeitem e se assumam como realmente são!

    http://nodivadaverdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Sim, as pessoas são diferentes, o que falta é coragem para mostrar isso para o mundo e mais personalidade e amor próprio para com elas mesmas.

    Mas o fato de ter uma opinião não quer dizer que ela tenha o direito de julgar outros que não compartilham das mesmas ideias, isso é fato.

    Obrigada pelo comentário flor, volte sempre viu :)

    ResponderExcluir

Os comentários neste blog são moderados. Não serão aceitos comentários ofensivos, preconceituosos ou que induzem à violência.

© Mutações Faíscantes da Porto | Layout por A Design