A difícil tarefa do One Direction *


Todo mundo sabe que vida de boyband/girlband é curta, principalmente se a gente for pensar em relação ao sucesso. Você só consegue fazer aquela música chiclete conquistar um público enquanto ele ainda é jovem. Quando aquele público começa a amadurecer e a banda não cativa outros públicos a tendência é que a banda acabe ou caia no esquecimento. Isso foi o que aconteceu com todas as boybands dos anos 90. 

O One Direction tem ido na contramão disso. Apesar de muita gente torcer o nariz para o sucesso dos meninos, que se reuniram durante o X Factor UK de 2010, eles realmente tem talento e tem amadurecido. É impossível não olhar ouvir o primeiro e o ultimo álbum e não ver a diferença entre eles, que é bem palpável. Eles saíram daquele pop vazio (porém muito divertido e com capacidade conquistar milhares de fãs) a procura de novos sons, novos ritmos e tentando achar a identidade da banda. 

Eles fizeram isso com sucesso no terceiro álbum - Midnight Memories - onde mesclaram pop com folk, rock anos 80 e um tiquinho de country! O cd foi muito bem aceito pelos fãs, que pareciam ter acolhido bem a diferença. Mas vale lembrar que a maioria das músicas que sairam como single, ainda tinham um pouquinho daquele pop melódico pelo qual os meninos ficaram conhecidos. 

Agora, com o quarto álbum, os meninos parecem que estão enfrentando um grande problema: conseguir amadurecer sua música e manter o seu público ao mesmo tempo. O álbum, que por uma incrivel falta de criatividade vai se chamar Four, vai ser lançado em 17 de novembro, mas eles já liberaram uma música: Fireproof. A música é linda, tem um ar Bee Gees e caiu como uma luva para voz deles (apesar do auto tune ser evidente, mas a gente perdoa porque quem nunca né?). Mas a música não caiu no gosto da maioria dos fãs que acharam a música preguiçosa e mal feita, mas na verdade só estavam querendo que eles voltassem as origens. 


Aí fica a questão: como amadurecer se seus fãs ainda não fizeram isso? Qual seria a solução? Conquistar novos fãs ou voltar ao que era antes?

2 comentários:

  1. Eu adorei a musica nova, minha irmã adorou a musica nova. Pelo que eu olhei no Twitter no dia que a musica foi lançada, até que não tinha muita opinião negativa, eu acho que chegou ao agrado de um bom grupo. O que talvez se mostre um problema é que eles tem uma fã base muito jovem, com quem tive contato no Twitter era uma média de 12/13 anos, são pessoas muito novas e que podem não aceitar o amadurecimento deles, que é algo inevitável na banda, eles não são mais adolescentes, vão querer explorar novos arranjos, vão querer amadurecer o som, eu, com meus 19 anos, super apoio isso hahaha
    O que eu vejo muitas pessoas falarem é que sentem falta do fandom antigo, eu lembro que eu reclamava sobre isso na minha época de fangirlr de Jonas Brothers, mas faz parte esse amadurecimento da banda atrair novas pessoas, com ideias diferentes, idades diferentes. Eu conheço One Direction desde o primeiro álbum, mas eles nunca me atrairam muito, quando lançaram Take Me Home, ai já comecei a gostar mais e quando saiu o Midnight Memories, foi o momento em que o grupo mais me atraiu. E agora, cá estou a espera do próximo hsuahsua

    http://seisvidasemeia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No twitter até que eu vi uma boa resposta, mas nos comentários do youtube e no tumblr vi muito fã reclamando.
      Eu acho ótimo que eles estejam amadurecendo, mas isso vai fazer eles perderem fãs com certeza! Muitas das fãs tem menos de 15 anos e acho que ainda não estão prontas para querer algo diferente do pop chiclete que eles faziam antes! Infelizmente, isso pode acabar atrapalhando eles.
      E eu tenho 26 anos e sou fã, imagina o que é ser uma fã de 26 anos do One Direction???? hahahahaha É tenso!
      Obrigada pela visita, Gabriela!

      Excluir

Os comentários neste blog são moderados. Não serão aceitos comentários ofensivos, preconceituosos ou que induzem à violência.

© Mutações Faíscantes da Porto | Layout por A Design