Por um Brasil mais consciente *

Não importa se você é um puxa saco daquele determinado político, se não gosta de política (já leu o texto "O Analfabeto Político"? Ele serve pra você!), se você pelo menos fez uma pesquisa sobre seu candidato ou se você vai votar nulo.. todos (ou pelo menos, quase todos) os brasileiros irão se dirigir às escolas públicas para votar amanhã. Mas votar não significa apenas exercer a sua democracia, mas ter a consciência de que estará interferindo de forma positiva ou negativa no futuro de seu país. Mais do que um ato de cidadania, os brasileiros devem se recordar de que seus votos nem sempre foram considerados como sendo um direito de todo cidadão.

Para relembrar um pouco de história do Brasil, a Constituição de 1824, por exemplo, foi marcada por desigualdades sociais, que desrespeitava grande parte da população brasileira. O voto era considerado como sendo um direito apenas de homens ricos e que tivessem uma renda mínima de 100 mil réis anuais. A primeira Constituição também determinou que fossem divididos os poderes Legislativo, Executivo, Judiciário e Moderador. Este último era de responsabilidade única do imperador Dom Pedro I que, além disto, era capaz de simplesmente anular ou negar, qualquer decisão resolvida pelos outros poderes.


Créditos da imagem: Revista Crase 

Como pode-se observar, a democracia demorou a surgir no Brasil, que por muitos anos, oscilou entre a liberdade de expressão e a ditadura. O Governo, por diversas vezes tentou disfarçar a terrível aparência autoritária por meio de discursos realizados por seus políticos e aliados, quando na verdade, era o seu povo que sofria com toda repressão imposta por seus governantes, fato este que na minha opinião, acontece até hoje.

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2014, 11 milhões de jovens eleitores entre 16 e 20 anos, votarão. E sinto muito mas, a sociedade não tem desculpa quando o assunto é o voto. Afinal, quatro anos é tempo suficiente para que a população conheça mais do que as intenções, mas também todas as obras e a carreira política de seus candidatos e decidir por fim, em quem irá votar.

Anular seu voto é desrespeitar a si mesmo, sendo que esta atitude não fará com que novas eleições aconteçam, apenas será considerado como um voto não computado, ou seja, um voto sem valor algum. E votar em branco também não adianta, porque são poucas as pessoas que fazem isso, enquanto sei lá quantos milhões estão votando normalmente, ou seja, se o candidato tiver que ganhar ele vai ganhar, você querendo ou não. Da mesma forma acontece com a compra e venda de votos, visto que o eleitor que aceita este tipo de acordo pode ser considerado como uma pessoa que subestima a sua própria inteligência. Por este motivo é de extrema importância ter a sua opinião formada e assim escolher o candidato que mais atenda as necessidades não apenas suas, mas de toda população.

A mídia é importante para a divulgação de informações sobre os planos de governo, mas as pessoas precisam pesquisar mais, porque isto é de um interesse coletivo e não único. O país crescerá a partir do momento que seus eleitores tiverem plena consciência do valor indiscutível do seu voto, e assim, a obrigatoriedade não será mais necessária, podendo ser as eleições cada vez mais interessantes para o seu povo. E perdoe pelo clichê mas.. pense bem antes de votar ou senão você terá 4 anos de muita dor de cabeça.

Espero que tenham gostado e me digam, qual a opinião de vocês sobre as eleições? Pesquisaram antes de escolher seus candidatos? Já decidiu e vai votar nulo mesmo? Diz aí o que você pensa..

Beijos e até amanhã.. vamos enfim, tentar mudar alguma coisa nesse país ;*

6 comentários:

  1. Caroline, penso da mesma forma. Infelizmente existem muitas pessoas que não dão a devida importância ao voto, pensam que 1 voto não muda nada... Quando na realidade, se todos que pensassem assim, votassem... muitas coisas mudariam. Gostei do seu blog viu... fala sobre vários assuntos e com propriedade e não têm medo de expor sua opinião. Admiro pessoas assim. Mais e mais sucesso a vc moça! Grande beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Leonardo.. vejo muita gente reclamando dos políticos corruptos mas quando chega a hora de cobrar os políticos pelas coisas que prometeram, não movem um dedo sequer.. ou melhor, votam em outros piores, sem pesquisar antes, sem procurar saber sobre o candidato e pensando só nos benefícios que ele e a família vão ter e não de uma forma coletiva ¬¬ Ah e muito obrigado pelo elogio sincero.. eu realmente procuro fazer do Mutações um espaço diferente, não focando apenas em maquiagem, look do dia e moda (aliás, nunca fiz sobre esses dois últimos), porque só vejo isso nos outros blogs femininos e não que não seja legal, mas ficou uma coisa tão repetitiva que quando a gente encontra blogs mais pessoais, sente vontade de ficar e acompanhar cada vez mais. E é isso que eu quero que vocês sintam aqui, por isso luto para agradar cada vez mais, porém sem deixar de ser eu mesma :) obrigada! Grande beijo pra você também!

      Excluir
  2. Ontem, depois de votarmos, eu e meu marido estávamos debatendo justamente essa questão. Votar não é um simples ato de sair de casa e cumprir uma obrigação. Eu não vivi na época da ditadura, mas me considero curiosa o suficiente para ler sobre o período. E se todos tivessem a ideia do quão importante é esse direito adquirido, a duras penas, pensariam e agiriam melhor com relação a uma decisão tão importante, embora muitos não a achem.
    bjs
    www.aghridoce.blogspot.combr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh sim.. os brasileiros mais velhos ainda se importam, pelo menos a maioria, pois passaram por este período e sabem da importância que isso tem. Mas os jovens que se dizem "rebeldes" vai lá, vota nulo ou branco e acha que tá mudando alguma coisa ¬¬ É uma pena o que acontece no Brasil, mas a única coisa que podemos fazer é tentar pelo menos informar as pessoas e torcer para que elas tomem a decisão certa, independente do candidato que votar. Beijos!

      Excluir
  3. Está de parabéns moça! Mesmo não sendo menina,rs, eu curti muito seu blog... continue sendo vc, pq esse é o segredo do seu sucesso... lindona...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Fico feliz que meus posts agradem ao sexo oposto também :D Sucesso pra você também.. beijos

      Excluir

Os comentários neste blog são moderados. Não serão aceitos comentários ofensivos, preconceituosos ou que induzem à violência.

© Mutações Faíscantes da Porto | Layout por A Design