5 livros com cachorros para você se derreter de emoção *

O post de hoje foi criado para os cachorreiros que amam seus bichinhos e adoram comprar livros sobre eles com histórias lindas e que fazem qualquer coração se derreter. Pela manhã, eu bem que tentei tirar uma foto do meu filhote Scott me acordando kkkk mas ele foi mais rápido e não deixou, então vou ilustrar esse post com outra foto linda de uma dessas obras mesmo.

Créditos:  Blog Sweet Drens
Marley e Eu
Basicamente é a história mais fofa de todos os tempos! Neste livro, o leitor é apresentado ao labrador Marley que se mostra um cão pra lá de arteiro desde o começo quando foi adotado pelo jornalista John Grogan que conta suas aventuras com o cachorro durante 13 anos na sua vida. Confesso que até hoje Marley ainda me faz chorar horrores e é capaz de arrancar lágrimas até dos marmanjos de plantão. "O pior cão do mundo" faz a gente se apaixonar literalmente por cães, mostrando que até os mais indomáveis possuem um coração de ouro que vale a pena respeitar e amar pro resto da vida.  

Os cães nunca deixam de amar
A primeira vez que li a sinopse desse livro eu já chorei na hora. A história em si gira em torno de um Beagle (eu também tenho uma beagle, chamada Hanna) chamado Seamus e sua dona, a advogada Teresa Rhyne. Nesta obra, a história é um pouco parecida com a do Marley, mas não se engane: ela não é triste! Pelo contrário.. é uma história cheia de humor e que nos dá ânimo para lutar diante das adversidades da vida por meio do amor, companheirismo e amizade. Então se você ama essa raça, quer se emocionar, dar risadas e chorar horrores também, eu super recomendo. Mas atenção: a ressaca literária vai durar que é uma beleza haha.

Nós e nossos cães
Aqui o leitor irá encontrar 50 depoimentos reais, engraçados, curiosos e super emocionantes de como os cães mudaram a vida de seus donos, incluindo celebridades bem conhecidas pelo público. O livro mostra que até mesmo os sentimentos mais difíceis, como depressão, solidão e ansiedade podem ser curados na companhia de um cão. Mas o que eu achei mais bacana nesta obra foi a lista de ONG's mostradas no livro em que é possível adotar, apadrinhar cães abandonados além de citar como se denunciar maus-tratos. Recomendo para quem gosta de leituras mais leves e rápidas, sem deixar de se emocionar.

Desistir nunca foi uma opção
Outro livro que você chora, chora e chora mais um pouco hahaha. Mocinha é uma vira-lata amável que foi encontrada perambulando pelas ruas de São Paulo e adotada pelo casal Daniel Guth e Julia Bobrow. Poderia ser mais uma história de amor e afeto entre cães e seus donos, se não fosse pelo fato de Mocinha ser diagnosticada com uma doença degenerativa meses após ser adotada. A obra cita todos os cuidados e mimos que o casal teve com a cadela desde o descobrimento da doença, a luta para que ela pudesse ter uma vida confortável e cheia de carinho e nos ensina que definitivamente nenhum amor neste mundo se compara com o amor de um animal. O casal mantém uma página no facebook também, podendo ser acessada aqui.

Orson – Um Cachorro para toda a Vida
O nosso protagonista é um border collie encrenqueiro, intenso, inteligente e cheio de vida! O jornalista John Katz conhece Devon no aeroporto, quando o cão se lança de sua caixa de viagem e cai em cima de John, aterrorizando a área de bagagens e deixando todos loucos graças ao seu comportamento mega agitado. A partir daí o livro conta a trajetória de Devon (que tem seu nome mudado para Orson depois das inúmeras tentativas de domesticá-lo) e seu dono desde a mudança da cidade grande para uma fazenda, a luta de John para tornar seu cão mais sociável com outras pessoas e sobre as amizades pacíficas que o cachorro tinha com outros animais. A obra ensina que com muita paciência e carinho dá sim para conviver com um cachorro considerado violento e que por trás de um animal desses sempre há um coração puro e cheio de amor para dar. Um livro emocionante para todos aqueles que já tiveram um cachorro "inesquecível".

Dedico este post à todos os meus cães: aos vira-latas Duque, Buba e Debbie que conviveram comigo durante à infância; à Nina e a Rose que apesar do pouco tempo que ficaram foram muito especiais; à Vick que se foi muito cedo diagnosticada com epilepsia gravíssima; ao Scott e a Hanna que vivem comigo até hoje e ao Jonny que também se foi muito cedo, mas com toda certeza foi o cachorro mais especial que eu já tive em toda minha vida.

Espero que tenham gostado das dicas de livros e me contem nos comentários, vocês já leram alguma dessas obras? Conhecem outras histórias como essas? Qual o cachorro mais lindo e especial que você já teve? Prometo que na próxima faço sobre livros de gatinhos para agradar as mamães e os papais gateiros de plantão rs.

Beijos ;*

10 comentários:

  1. Que amor! Quero ler esse "Os cães nunca deixam de amar", na verdade quero ler todos, porque né. Mas esse aí me chamou mais a atenção e eu sempre quis ter um Beagle <33333
    Beijos,
    Pretty Things

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério Mari, eu chorei horrores com a sinopse.. mas quando li o livro que delícia cara! De triste ele não tem nada.. beijos

      Excluir
  2. Oi Carol! Não li nenhum desse livros, mas já Marley e eu incontáveis vezes, Claaaaaaaaaaaaaaaaarrrrrrrrrrrrrrrroooooooooooooo que eu chorei todas. Eu sou gateira, tenho tr~es gatas, e amo de paixão os felinos; ao contrário de toda minha familia que são cachorreiros. Então na casa da mãe sempre teve cachorro, tivemos dalmatas qdo criança, mega/híper dóceis, meu irmão sumia e qdo íamos procurar ele estava dormindo dentro da casinha do Laika ( a dalmata), uma delas morreu no parto e a outra não me lembro. Depois tivemos um vira lata, lindaaaaaaaaaaaaaaaa, a Lilica, era o xodó da casa, e uma princesa, esse foi topo das tops das cachorras de minha infancia. Quando casei fiquei sem ter cachorro por um tempo, aí minha filhas mais velha nasceu e queria um cachorrinho, foi qdo ela ganhou a Pitucha, um poodle micro, era um doce, ela falava com a gente, eu pelo menos entendia tudo que ela dizia. Faz uns meses ela nos deixou, ele a estava velhinha, escapou do portão e um pastor alemão a pegou pelo meio do corpinho, foi feito de tudo, mas ela ficou muito machucada... :( Agora as minha filhas pediram outro cachorro, e estamos um busca de mais um membro da casa, mas somos contra a compra, então estamos atrás de uma para adotar. :) Fiz um post no blog sobre industrias que usam animais em teste, passe por lá e confira. bjs
    Eykler
    www.amorascompimenta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que amor Eykler <3 Mas é isso aí, se você pode adotar, faça isso mesmo.. infelizmente aqui em casa meus pais mais compraram cachorros do que adotaram, mas eu tenho a mesma opinião que você.. pena que quem dá a última palavra aqui ainda seja meu pai, porque por mim seriam todos adotados mesmo rs. Eu quando tiver a minha casa própria pretendo adotar um gatinho pelo menos, nem que acabe pegando um cachorro pra fazer companhia.. porque adoro os dois, independente de raça.. enfim, vamos ver né.. até lá tem tempo ainda rs. Beijos

      Excluir
  3. confesso que dessa lista eu só conheço mesmo Marley e eu. Mas fiquei animada de ler os demais. Dicas anotadas...
    Cães <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É.. acho que todo mundo conhece Marley e Eu, mas como é um clássico quando se trata de cachorros eu tinha que colocar aqui haha beijos Val

      Excluir
  4. Carol, eu amoooooo cachorros, mas não consigo gostar de filmes ou livros sobre eles.Eu não tenho coração... Não me julguem se não eu choro. Hauhauhauhau

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKK tudo bem Amandinha, até porque gosto não se discute e ninguém vai te julgar, fica tranquila :D beijos

      Excluir
  5. Conheço, mas não li nenhum deles. Meu cachorrinho, Pipoca, morreu tem um tempo. a vizinha má que odiava cachorro, deu veneno para ele. então a temática me deixa triste. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá vontade de dar veneno na guela dessas pessoas também né? Fala sério! Nunca tive um cachorro envenenado, mas ficamos sabendo de um velho na minha rua que envenenava gatos e denunciamos ele.. dá muito ódio dessa gente affs. Beijos flor

      Excluir

Os comentários neste blog são moderados. Não serão aceitos comentários ofensivos, preconceituosos ou que induzem à violência.

© Mutações Faíscantes da Porto | Layout por A Design