Uma banda para trazer de volta do passado *

Quando eu topei participar desta blogagem coletiva do Rotaroots, confesso que pensei em fazer um post que não citasse apenas uma banda, mas várias, visto que há uma infinidade de bandas tais como Legião Urbana, Barão Vermelho, Beatles, Mamonas Assassinas, Blink 182, CPM 22, The Doors, Os Mutantes, Led Zeppelin, Ramones, Pink Floyd, Queen, Nirvana, Oasis, R.E.M., LS Jack e tantas outras clássicas (principalmente do rock) por aí que fazem parte da minha vida até hoje, apesar de todas elas terem acabado e mesmo assim, ainda fazem muito sucesso. Porém esses dias atrás, me lembro que estava escutando o álbum Imunidade Musical do CBJr. e pensei "cara, já vão fazer dois anos que o Chorão morreu.. e parece que foi ontem". A partir daí me toquei do quanto eu gostava da banda, do quanto ela foi presente na minha juventude e por isso eu precisava este ano fazer pelo menos um post falando deles. E agora, aqui está a minha chance, então vamos lá.


No dia que o Chorão foi encontrado morto, eu fiquei sabendo da notícia pelo meu namorado que disse "foi droga, tenho certeza disso". Mas o fato dele ter passado dessa pra melhor independente do motivo, não significa que a banda não tenha sido boa, muito pelo contrário, afinal, quantos integrantes de bandas famosas você conhece que já tiveram problemas sérios com drogas, sendo elas ilícitas ou não? Mas o que mais me irritou foi como endeusaram o cara depois de sua morte, como se ele fosse um santo ou pior, se esquecendo das tantas e tantas vezes que o xingaram por aí por conta do seu comportamento agressivo (ou vai me dizer que você esqueceu, por exemplo, da briga mais famosa que ele teve com o Marcelo Camelo do Los Hermanos?).

O fato é que querendo ou não, é impossível pensar em Charlie Brown Jr. sem lembrar de Chorão, porque por mais que fosse uma banda com cinco integrantes, ele era o que mais representava o grupo. Eu tinha uns 9 anos quando escutei pela primeira vez CBJr. que junto com Pitty, CPM 22, Capital Inicial e Detonautas, me fizeram escrever inúmeras estrofes nos cadernos e agendas escolares, além da mania de recortar as letras que vinham nas revistas para colar no guarda roupa. E não se pode negar que de todas as bandas que citei, é difícil pensar em algum vocalista que tenha lutado tanto para continuar com sua banda unida, assim como Chorão tentou de diversas formas manter e impedir que esse sonho um dia terminasse. O cara podia ter todos os defeitos do mundo, mas amava aquela banda mais do que tudo nessa vida e deixava isso bem claro pra quem quisesse ver.


E na minha opinião, CBJr. foi uma das bandas que mais representaram os skatistas, com suas letras cheias de críticas à sociedade, à política, mas sem deixar de falar sobre o amor, criando assim o seu próprio estilo musical. Chorão tinha uma personalidade forte demais, um jeito de cantar único e colocava isso ao extremo em suas músicas, fazendo o refrão grudar literalmente na nossa cabeça e permitindo que muitos se identificassem, sendo que é muito comum ainda escutar as músicas tocando em novelas e festivais por aí.


Eu perdi a conta de quantas e quantas vezes não cantei as músicas do CBJr. para um paquera, não lembrei de alguém ao escutá-las ou não cantarolei em casa mesmo, expressando o que sentia naquele momento. Também pude ver quando o vocalista participou do programa Família MTV e percebi que apesar daquele jeito todo marrento, ele também era muito gente boa, carinhoso e divertido quando queria, além de ser super querido pelas crianças principalmente. Quando eles vieram para Araçatuba em um dos Mega Moto Fests que tiveram, eu estava lá e mesmo de longe, pude sentir toda a sua energia em palco.

Bom, por fim, CBJr. pra mim (assim como diversas outras bandas que eu queria citar aqui, mas não caberia em um post só) ainda é como se não tivesse acabado e apesar do fim trágico que a banda teve, merece todo o respeito e admiração dos fãs até hoje. Se estivesse vivo, creio que Chorão com certeza teria superado mais essa fase difícil e dado a volta por cima junto com a sua banda, mas também concordo que as pessoas são capazes de escolherem seus caminhos por conta própria (apesar de sua depressão meses antes de morrer) e infelizmente, Chorão escolheu o dele da pior forma possível. E por mais que muitos não admitam, CBJr. fez parte da infância e juventude de muito marmanjo por aí sim e com certeza estará sempre em nossas lembranças. E agora vocês me dão licença porque eu comecei a escutar umas músicas aqui para fazer esse post e não consigo mais parar.. pelo visto vou virar a noite escutando :)

EXTRA: No dia 13 de março deste ano, no Teatro Gamaro em São Paulo, irá rolar o musical Dias de Luta, Dias de Glória que contará a saga da banda através da ótica de Chorão. No total, 25 atores e 10 músicos cantarão 32 canções em 10 coreografias. Se você é fã, vale a pena conferir! Mais informações aqui.


Este post faz parte de um dos temas propostos como blogagem coletiva neste mês, do grupo Rotaroots - Blogueiros de Raiz. Mais informações aqui.
E vocês? Qual banda escolheriam para trazer de volta ao presente? Conta aí!

Super beijo ;*

18 comentários:

  1. Primeiramente: seu blog é uma gracinha! haha Agora sobre o post... Nunca fui muito de escutar Charlie Brown Jr., mas não dá pra negar que tem músicas que fizeram parte da minha infância sem eu nem perceber! Vez ou outra escuto alguma e sinto aquela nostalgia. Adorei seu post, achei um dos melhores desse tema da blogagem coletiva!

    http://oitoestacoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alessandra! Ahh sim, mas até quem não gostava de CBJr. com certeza já cantarolou alguma música deles sem nem saber que era deles mesmo.. e a nostalgia é forte com certeza rs Citei eles também porque sei que dificilmente alguém falará deles nessa blogagem coletiva, porque apesar de tudo, o povo ainda tem uma birra justamente por causa do comportamento do Chorão, infelizmente. Beijos flor!

      Excluir
  2. eu ouvia mto por causa do meu namorado, que chorou quando Chorão morreu. xD
    Ele é tp MUITO FÃ mesmo xD
    era uma banda legal, foi uma pena o que houve com ele, e depois com Champignon, cara, como eu curtia ele... TT_TT
    Detonautas é uma das minhas queridinhas. na verdae, boa parte do que tu falou no inicio do post eu curto...
    bjs, flor... legal a homenagem a CBJr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Val, meu namorado também curtia mas ainda acho que eu curto mais do que ele haha E eu poderia ter homenageado qualquer uma dessas bandas porque todas são f**** mas acho que CBJr me marcou de um jeito na adolescência que eu não podia deixar passar batido.. e foi muito triste o que aconteceu com os dois realmente, acho que nunca mais vai surgir uma banda igual a eles.. parecido pode ser, mas igual? Jamais. Beijos

      Excluir
  3. Nossa que dificil... Eu escolheria que voltassem o Elvis, os Beatles, Beach Boys, Led, Queen, Ramones, Gun's, Nirvana, Oasis, Mamonas, E nacional eu escolheria todo o Charlie Brown, na sua composição inicial.. É impossível, mas ainda bem que todos eles deixaram seu marco pra nós, e isso sura eternamente. Adorei esse post! Parabéns Carol! Se puder, conhça meu blog: bellabeldade.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gi pode ter certeza de que pensei em todas essas bandas! O problema é que comecei a curtir a maioria delas depois de velha e uma das poucas que realmente fizeram parte da minha adolescência pra valer foi CBJr. querendo ou não haha e também gostava da composição inicial mesmo, era bem legal naquela época :D Vou visitar sim.. beijão

      Excluir
  4. Ótima escolha, mas acho que ainda ficaria com Mamonas... #saudades
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mamonas eu me lembro vagamente deles.. apesar de saber todas as suas músicas, quando eles morreram eu tinha uns 4 anos no máximo. Mas acho que eles estariam em 2º lugar com toda certeza. Beijos

      Excluir
  5. Oi Carol ;D

    Sabe que durante minha adolescência eu adorava Charlie Brown, nunca vou esquecer quando ouvi eles a primeira vez e prestei atenção de fato hahaha Foi com aquela música "Hoje eu acordei feliz", ela era lançamento na época *velha* hahahahahah mas depois com o tempo foi ficando em segundo plano pra mim, mas gosto até hoje hahaha e a perda do Chorão e do Champignon foi muito triste.

    Adorei o post! ;DD
    Beijoks,
    psychoreader.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A primeira música que escutei deles foi aquela "ela estava ali querendo atenção e alguém pra conversar, você deixou ela de lado vai pagar pela mancada pode acreditar.. se for já era, eu vou fazer de um jeito que ela não vai esquecer".. eu tava numa festa e por coincidência tinha acabado um namoro recentemente e nessa festa tinha um carinha que tava afim de mim.. então meio que super combino a música com o momento haha eu também com certeza ainda gosto, me pego cantando direto e só depois lembro que era CBJr. kkkk beijos! E obrigada pela visita!

      Excluir
  6. Linda homenagem. Gosto da banda, fez parte da minha adolescência. como curti. Receber a notícia da morte do Chorão foi triste e estranha. Até hoje! Não recordo da primeira música que ouvi, mas tenho ótimas recordações com as músicas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim também foi estranho.. confesso que não fiquei tão triste como o namorado da Val, mas abalada com certeza. Foi como se um conhecido meu tivesse morrido, muito tenso. Beijos

      Excluir
  7. Oi Carol,
    Eu também meio que "Cresci" ouvindo Charlie Brown, me traz uma grande nostalgia.
    Sofri muito com as mortes trágicas, foi cmo ver morrer uma parte da minha história.
    Mas pra trazer do passado eu acho que iria mais Além e trazia O The Beatles, porque sou apaixonada.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou fanática por Beatles Kris <3 Mas não sei o que me deu que quis escolher uma banda nacional e de preferência uma que tivesse sido presente de verdade na minha vida.. e CBJr. foi ao extremo, apesar de amar outras bandas, eles foram os que eu gostei por mais tempo, já que a maioria delas (exceto Mamonas que eu escuto desde criança) eu comecei a gostar depois de velha rs. Beijos

      Excluir
  8. Que fofura de blog! Amei!
    Bom, eu curto a fase jovem do Charlie B.
    Lembra de "essa é uma história de amargar, conheci uma garota, meu irmao... vou te falar!" ADORO essa música! Embalou minhas idas para aula por muito tempo.

    Beijo!

    Marina
    www.espelhoepassarela.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ow se lembro Mari haha realmente foi uma banda e tanto, pena ter acabado de uma forma tão trágica :\ beijos

      Excluir
  9. amei e quem nunca ouvi charlie brown jr uma banda muito boa,com mensagens positivas que infelizmente chegou ao fim :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Lilian, eles eram ótimos mesmo.. pena que acabou de uma forma trágica e pelos piores motivos que existem: droga e depressão. Beijos

      Excluir

Os comentários neste blog são moderados. Não serão aceitos comentários ofensivos, preconceituosos ou que induzem à violência.

© Mutações Faíscantes da Porto | Layout por A Design