Ask Her More, o sexismo e a luta pela igualdade de gênero *


Quem assistiu o Oscar desse ano, principalmente quem viu a transmissão do tapete vermelho, deve ter reparado em uma novidade. Algumas atrizes que, em geral, respondem inúmeras perguntas sobre o que estão vestindo, quem fez o vestido, qual dieta estão fazendo, quem inspirou o penteado, dentre outras estavam se evitando ou questionando a necessidade desse tipo de pergunta. Mas, afinal que movimento é esse? 

Essa campanha começou a partir de um grupo chamado "The Representation Project", criado por Jennifer Siebel, e que tem como objetivo lutar contra a desigualdade de gênero na mídia e na cultura popular. A campanha ganhou impacto com a ajuda da comediante e feminista Amy Poehler, através do seu site, Smart Girls. Durante o Globo de Ouro desse ano, Amy que apresentou a premiação junto com Tina Fey, incentivou que repórteres a fazerem perguntas melhores, além de roupas e ser mãe e beleza, para as atrizes no tapete vermelho. 

Celebridades mulheres, como Scarlet Johansson, Reese Whiterspoon, Cate Blanchet, Anne Hathaway já vem reclamando disso há muito tempo e, com bom humor, vem tentado se livrar desses esteriótipos, mas perguntas como "Quem você está vestindo?", "Quanto tempo você demorou para se arrumar?" e "Como você concilia sua vida pessoal e sua carreira?" não paravam de brotar no tapete vermelho. E se a mulher se recusasse a responder ou fosse irônica? Então diziam que ela estava de TPM. 

Mas isso nunca foi tão comentado quanto agora e no Oscar a hashtag #AskHerMore ficou durante quase toda a premiação nos Trending Topics no twitter. As atrizes estavam mais participantes, os repórteres...nem tanto! O Buzzfeed fez um experimento muito legal no Bafta em que elas fizeram aos homens perguntas que geralmente fazem as mulheres e mostraram o ridículo da situação. 


Em um outro vídeo, atrizes e cantoras dão respostas geniais para perguntas idiotas feitas por repórteres e deram uma boa sambada na cara de todos eles. E não só sobre a questão da roupa, mas também como as mulheres são cobradas certas coisas, que nem pensam em falar para os homens. O vídeo é sensacional, tem nesse link aqui e vocês não podem deixar de ver. 

Vi algumas pessoas reclamando do Ask Her More, questionando porque as mulheres se vestem naqueles vestidos e se maquiam e fazem penteados maravilhosos e não querem ser perguntadas sobre isso. Em relação a isso, eu tenho duas questões: elas se vestem como e do jeito que quiserem e não, elas não obrigadas a responder nada sobre isso se não estiverem interessadas, E, além disso, o problema não é perguntar sobre a roupa, ou o último namorado ou sobre o novo regime delas. O problema é SÓ perguntar isso.

4 comentários:

  1. Eu gostei da campanha das atrizes, mas espero que não seja apenas uma maneira de se promover, afinal, não as vi envolvidas diretamente no movimento. no entanto, não posso negar, que por menor que seja o esforço delas, faz uma grande diferença.
    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei muito do movimento, assim como do discurso de Patricia Arquette. Pra mim não importa se é promoção, traz visibilidade às questões feministas, e isso já é o suficiente para mim (penso o mesmo sobre Beyoncé, e aliás, o fato dela ser casada e de fazer letras sensuais e dançar não anula isso. Eu mesma quero muito ter família e danço até o chão quando dá na telha, e My pussy é o poder.)

    ResponderExcluir
  3. Eu acredito que exista uma força que tem nos impulsionado numa mesma direção, mas por caminhos adversos e como diz a amanda, importante mesmo e sairmos do lugar, questionar, avançando sempre. Eu também acredito que os nossos próprios questionamentos em relação a padrões midiáticos para o ser mulher deve estar de certa forma incomodando as famosas. Bem é isso, parabéns pela postagem <3
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. cara só tem texto incrivel nesse blog
    antes eu achava essas mulheres super hiper mega futeis
    pensava assim: essas mulheres devem ser chhaaattttasss não fazem nada só se vestem se arrumam e tiram fotos bonitas
    até que um dia vi uma atriz conversar com um entrevistador onde ela falava coisas super legais sobre a vida e no que trabalhava e no final ela disse: é simplesmente maravilhoso conversar com alguem que pergunta coisas curiosas e interessantes sobre a arte que desenvovemos!
    Fi nesse dia que meu pensamento mudou, o problema não era elas que provavelmente tem uma história de vida e muitas coisas desconhecidas a contar MAS a forma como são jogadas na midia
    adorei a publicação

    www.meumuraldeideias.com

    ResponderExcluir

Os comentários neste blog são moderados. Não serão aceitos comentários ofensivos, preconceituosos ou que induzem à violência.

© Mutações Faíscantes da Porto | Layout por A Design