Mês da mulher - mulheres que me inspiram *

Ontem foi dia de mostrar mais um poema meu aqui no blog e apesar de já ter um prontinho para postar, não publiquei. E tudo porque eu estava escrevendo este post, no qual deveria citar as mulheres que me inspiram em todos os sentidos da minha vida. Notei que muitas blogueiras falaram sobre suas mães, avós, algumas citaram cantoras famosas da atualidade etc. Porém eu quis fazer algo diferente e acabei fazendo um poema que apesar de ter ficado extenso, me fez chorar horrores quando terminei. Espero que possa emocionar vocês assim como fez comigo.

Minha avó Margarida
Me inspiro na coragem de Patrícia, Margaret, Leila, Ester, Eva, Coco, Penha, Bethany e Amelia
E nas cores de Frida, Sofonisba, Camille, Tarsila, Yoko, Márcia, Cecily, Julie, Lisa, Vieira e Sonia
Me inspiro na poesia de Clarice, Elaine, Ana, Hilda, Florbela, Cora, Christine, Adélia, Mariana e Cecília
E nas mulheres como Cissa, Daniella e Talita que contagiam com a sua alegria

Me inspiro na determinação de Catarina, Mary, Oprah, Gabrielle, Fernanda, Marie e Eliana
Me inspiro em mulheres fictícias como Padmé, Amélie, Hermione, Nyota e Cristina
E na beleza excêntrica de Helena, Stefani, Katy, Regina, Carmen, Amy e Madonna
Mulheres que não são apenas mais um rostinho bonito, como Diana e Angelina

Me inspiro na autenticidade de Priscilla, Rita, Alecia, Joan, Rachel, Norma e Brigitte
E nas músicas de Marisa, Elis, Janis, Cássia, Zélia, Paula e também nas divas mais recentes
Me inspiro no estilo de Isabella, Bruna, Twiggy, Thaila, Kat e Charlotte
E na força de Zuzu, Cleópatra, Jeanne e Gabby que foram à luta com unhas e dentes

Me inspiro em bisavós, avós e mães que protegeram seus filhos e esforços não mediram
Desejando ver todos à sua volta felizes, mesmo nos momentos de intensa dor
Me inspiro em mulheres como Anne, Olga e Margarida que as mais duras guerras enfrentaram
E atravessaram oceanos e ainda lutaram para mostrar o seu valor

Me inspiro em mulheres como Maria, June, Olinda e Teresa que sempre amaram demais
E mulheres como Tia, Jane e Rosane que são admiradas por lutarem pelos animais
E o que falar dos olhos de Maysa, Capitu e Audrey que penetraram os nossos corações
Conquistando o mundo com suas histórias, palavras ou canções

Me inspiro em mulheres como Florence, Anita, Quitéria, Elspeth e Erika que deixaram
As suas vidas de conforto, seus filhos e família para trás
E foram atrás de seus sonhos, ideais e por um pouco mais de paz
Mulheres como Malala, Eleanor e Indira que pelo seu povo sempre lutaram

Me inspiro em professoras, cabeleireiras, advogadas, empresárias
Vendedoras, jornalistas, blogueiras, maquiadoras, escritoras, artistas
E tantas outras profissionais que não se importam com o que dizem
E mesmo ganhando menos, continuam amando aquilo que fazem

Me inspiro nas mulheres que foram abusadas, desprezadas, violentadas
Nas que também foram humilhadas e que morreram queimadas
Apenas por serem muito inteligentes ou bonitas
Me inspiro até nas mulheres chamadas de monstros pela sociedade
Independente de épocas, da pouca ou muita idade
Tais como Suzanne ou Elizabeth que me ensinam todos os dias a não ser como elas

No fundo toda moça tem a sua própria poesia e jeito único de ser
Mas a minha mais profunda inspiração vem de um simples fato: o de ter nascido mulher

Este tema faz parte de uma blogagem coletiva do grupo Coisas de Blogueiras.

E aí? Gostaram? Não coloquei muitas fotos nesse post porque senão vocês não iriam acabar de ler nunca haha. Mas vocês conseguem saber pelo menos quem são as mulheres que citei no poema? E para você, quais mulheres que mais te inspiram? Me conta!

Super beijo ;*

10 comentários:

  1. Lindo o texto. E linda a sua avó! Adorei a foto e as citações. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo, com força poética e muito empoderamento.
    A sororidade bailante... inspirador!
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Li, fico muuuito feliz que tenha gostado! Grande beijo

      Excluir
  3. fiquei extasiada com seu poema. E sei e admiro várias dessas mulheres citadas... Meus parabéns, Carol. ^^

    sua avó é maravilhosa, uma guerreira ^^
    http://torporniilista.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Val.. e pensar que me inspirei nesse poema enquanto lavava meu quintal kkkkk ah sim, ela é mesmo.. grande guerreira que me inspira demais rs. Beijos

      Excluir
  4. Que lindo Carol, nossa quantas mulheres em destaque com suas principais características e ainda assim insistem em nos chamar de sexo frágil .. parabéns amada bjss
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim flor.. de sexo frágil nós não temos nada! rs. Beijos

      Excluir
  5. Gostei bastante do poema, principalmente por citar grandes mulheres que marcaram a história de alguma forma.
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim flor, citei porque realmente elas inspiram não só a mim, como muitas outras mulheres por aí :D beijos

      Excluir

Os comentários neste blog são moderados. Não serão aceitos comentários ofensivos, preconceituosos ou que induzem à violência.

© Mutações Faíscantes da Porto | Layout por A Design