5 coisas que eu já quis ser *

Se o jornalismo não tivesse entrado na minha vida, com certeza eu teria que escolher outra profissão. E mesmo sendo jornalista formada, decidi a alguns anos seguir outro sonho também, o de ser maquiadora. O que mostra que vivemos em busca da nossa profissão durante muito tempo da vida e quando finalmente encontramos o que gostamos, chega a ser um alívio. Eu mesma já tive 5 coisas que eu já quis ser um dia e é exatamente essas coisas que vou contar para vocês abaixo. Confira:


Psicóloga
Entender a mente de psicopatas, doentes e principalmente ajudar as pessoas a enfrentar seus problemas. Já quis muito entrar no universo de Freud e cheguei a imprimir a grade do curso, pesquisar preços nas faculdades ou na possibilidade de tentar fazer uma pública. Se meu coração não fosse apaixonado pelo jornalismo, com certeza psicologia seria a minha profissão.

Artista plástica
Sabe quando você é criança e fica falando "quando eu crescer, eu vou ser..", pois então, eu com 8 anos de idade sonhava em fazer artes plásticas. Isso porque eu AMAVA o mundo das artes, mas não era só pintar, eu queria colocar a mão na massa literalmente, fazer esculturas, coisas em que você pudesse tocar e não apenas ficar analisando. Isso durou até meus 13 anos, quando eu decidi ser jornalista, mas ainda me achava muito tímida para isso. 

Escritora
Eu cheguei a começar um livro e escrever 3 capítulos, acreditem. Isso aconteceu quando eu tinha uns 13 ou 14 anos e a história era sobre uma garota chamada Emily que vivia um namoro conturbado, tinha pais rígidos demais e ainda tinha o sonho de montar sua banda de rock. Pois é, o típico livro para adolescentes naquela época. Porém quando eu comecei a pesquisar sobre a profissão e tudo o que seria preciso para publicar meu livro, bateu o medo e acabei desistindo. Para completar, o arquivo com os capítulos acabou se perdendo depois que meu pai vendeu o computador para um amigo sem que eu soubesse, já que a máquina era dele.

Cantora
Eu achava essa profissão a coisa mais extraordinária do mundo aos 15 anos de idade e juro para vocês que de tanto eu falar nisso, acabei ganhando um violão do meu pai em 2006. Comecei gostando de Avril Lavigne, depois conheci uns amigos que me apresentaram algumas bandas de heavy metal e adorava cantar em italiano, compor ou me imaginar com a minha própria banda. Depois, aos 17, comecei a curtir MPB e rock nacional, até chegar nas músicas que curto atualmente.

Publicitária
Na verdade eu nem queria tanto assim fazer Publicidade e Propaganda, mas seria a minha terceira opção se jornalismo e psicologia não dessem certo. O fato que eu sempre fui de humanas, então eu precisava fazer algo relacionado a comunicação de qualquer jeito. A única coisa que pra ser publicitária eu precisaria ser mais criativa e bem mais extrovertida, coisa que não sou. Jornalista também tem seu lado extrovertido, mas é uma coisa mais séria, mais formal e acho que combina bem mais comigo.

É isso gente, mas e vocês, se vocês não tivessem a profissão que tem, o que gostariam de fazer? Me contem! Grande beijo e até a próxima ;*
Este post faz parte de um meme criado pelo grupo Rotaroots - Blogueiros de Raiz. Mais informações acesse aqui.

18 comentários:

  1. eu já quis ser Veterinária, Arqueóloga, Jornalista, médica legista e Violinista/violoncelista *risos* mas aí venceu a vontade de ensinar hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outra professora? haha coragem de vocês, mas é isso aí, temos que fazer o que sentimos no coração. Beijos

      Excluir
  2. Menina, não faço ideia de uma coisa, que dirá cinco. Huahuahuahuahuah. Acho q a,única coisa que penso em ser é artesã. Eu adoro cozinhar, mas não trabalharia numa cozinha profissional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tanto um como o outro são bem legais, apesar que eu não tenho paciência pros dois haha beijos

      Excluir
  3. Haha, eu já quis ser cantora, professora e bióloga marinha. Hoje sou estudante de design e estou em duvida se faço pós em arte ou em psicologia!! xD
    Até tenho umas semelhanças com você, hehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana flor, mas eu faria em arte hein.. haha sei lá, só uma dica, acho que tem mais a ver rs. Beijos

      Excluir
  4. Nunca desejei ser psicanalista, pra ser sincera, não suporto Freud. Gosto da psicologia analista e já pensei em fazer outra faculdade, mas ao mesmo tempo quero me dedicar mais a escrita e depois fazer o mestrado hehehehehhe...Bom, como cantora, é melhor eu ficar calada kkkkkkkkkkkkkkkkkkk sou um desastre.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha normal flor, cada um com seus gostos né, mas super entendo a sua opinião rs. Beijos

      Excluir
  5. Desses só não quis ser publicitária...
    A mente da gente muda tanto...Hoje tenho outros prazeres...me arrisco em vários, mas minha paixão é a costura...
    Gostei, muito legal!
    Blog ArroJada Mix
    Divulgação de Blogs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem diferente a sua paixão flor.. eu já não tenho paciência infelizmente rs. Beijos

      Excluir
  6. Olá! Eu sonho em ser jornalista! Já quis ser publicitário também, mas depois de desistir da faculdade de gastronomia, eu vi que o jornalismo era o meu sonho mesmo. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!!! É preciso muita paixão mesmo pra ser jornalista viu, mas se a gente lutar e ser determinado, tem tudo pra dar certo :D beijos

      Excluir
  7. Bom, eu passei pelos clássicos professora/bailarina/atriz quando criança. Depois fui veterinária, jornalista e acabei fazendo faculdade de Informática e trabalhando em administração. Mas o jornalismo ainda não está fora da minha listinha.
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://www.procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Nana, quem sabe ainda não trabalhamos juntas um dia né? Não custa sonhar rsrs beijos

      Excluir
  8. Quem nunca já quis ser tudo? Se eu fosse fazer um lista de tudo que já quis ser, teríamos uma lista infinita sobre Gabriela hahahahaha
    Eu sonho em trabalhar como escritora, tenho medo e sem contar que é meio dificil conseguir contrato com editoras grandes, mas não consigo desistir disso e acho que nem deveria hahaha

    http://seisvidasemeia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não desista não Gabi!!! Tudo tem o seu tempo certo e se não aconteceu é porque talvez ainda não seja o momento, mas se é seu sonho, tem que lutar sim.. beijos

      Excluir
  9. Oi, Carol!
    Já quis ser psicóloga, cantora e publicitária. Publicidade e Propaganda, aliás, seria minha segunda opção se eu não conseguisse passar em Direito. Cantora e psicóloga quis ser quando criança. Aí descobri que não sei cantar e que não tenho paciência... Complica, né? Mas escritora quero ser até hoje. E no meu coração, já sou <3
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláá, sim e nossa que bacana, boa sorte para você flor! Que você consiga realizar esse sonho em breve :D beijos

      Excluir

Os comentários neste blog são moderados. Não serão aceitos comentários ofensivos, preconceituosos ou que induzem à violência.

© Mutações Faíscantes da Porto | Layout por A Design